Lade Inhalt...

Leseprobe

Axel Stelter

Portuguêse 102

A Língua Portuguesa

Portugueses dominaram os oceanos do mundo desde muitos séculos. Assim eles distribuiriam a cultura e a língua portuguesa. Hoje existem cerca 25 países onde falam 200 milhões pessoas portuguesas. Claro que há muitas mais pessoas que sabem falar português como língua secundaria. Eu também tive a sorte de aprender português e de desenvolver a minha capacidade aqui em Berkeley. O húngaro literário Paulo Rónai aprendeu esta língua também. Nas próximas linhas eu vou falar sobre seu texto, vou interpretar e imaginar sua metáfora. Eu vou incluir as minhas experiências com a língua portuguesa e o meu desenvolvimento. No seu texto Paulo Rónai escreve da sua experiência com a língua portuguesa. Ele descreve pormenorizadamente como ele aprendeu esta língua. Eu adoro que ele compara a aprendizagem de uma língua estrangeira ao desenvolvimento de um relacionamento amoroso. Todas as suas descrições sobre suas experiências estão cheias de coisas paralelas do amor. Acredito que é quase possível de substituir as palavras que o autor usa e muda-las por palavras do amor. Rónai fala sobre seu primeiro contato com a língua portuguesa; A mesma coisa se passa quando uma pessoa vê uma outra pessoa, uma pessoa que poderia ser o potencial dum(a) namorado(a). As vezes nós pensamos que ele/ela é bonito e pode ser que iríamos gosta-la/lo um dia. Pois o autor procura um dicionário para entender o livro, que é uma representação da língua. Com este dicionário ele tem a possibilidade de criar uma relação com a língua. Na vida do amor, nós encontramos uma razão para contatar nossa pessoa dos sonhos (por exemplo nos escolhemos a mesma actividade da senhora/do senhor). Depois, quando temos uma situação melhor para observar o sujeito nósd fazemos conclusões pequeninas e só vemos as boas propriedades. Rónai faz a mesma coisa, ele dá muitas informações pouco relevantes sobre a língua e ele faz comparações com outras que ele já conhece. Nós também já tivemos outros/as namorados/as antes; nós temos experiências e comparamos. O autor adora a língua portuguesa, ele estuda a língua e assim ele tem contato directo. Pouco a pouco ele consegue entender a língua e finalmente ele fala Português, vive num pais onde falam Português e ele trabalha com a língua. Mesma coisa se passa com o amor; os contatos íntimos ficaram mais intensos. Talvez um dia nós vivemos junto desta pessoa. Em geral eu gosto muito da comparação com o amor, também porque o processo de aprender uma língua pode ser muito demorada, como o processo do amor pode chegar sobre anos. Eu não tenho a mesma experiência com a língua portuguesa. De facto eu saltei na agua fria. Nunca falei um palavra de português ou espanhol, não sabia nada sobre a cultura ou sobre a economia. Mas apesar disso eu decidi trabalhar um ano em Portugal. Quando pus meu pé na terra portuguesa eu não falei nada, excepto alemão, inglês e francês. Não quero dizer que os Portugueses não são sofisticados, mas as primeiras pessoas que eu encontrei só falavam português. Por isso tive que comunicar com os braços e pés.

[...]

Details

Seiten
3
Jahr
2008
ISBN (eBook)
9783640241118
Dateigröße
343 KB
Sprache
Portugiesisch
Katalognummer
v120236
Institution / Hochschule
University of California, Berkeley
Note
A-
Schlagworte
Língua Portuguesa

Autor

Zurück

Titel: A Língua Portuguesa